Varejo crescerá 1,4% em 2017.

outubro 21 2017
Varejo

Segundo Alencar Burti, presidente da ACSP e da Federação das Associações Comerciais do Estado de São Paulo (Facesp), em 2017 o comércio varejista deverá crescer 1,4% neste ano em relação a 2016.

A declaração de Burti concedida ao Diário do Comércio, destaca que em julho estimava-se um recuo de 0,4% em 2017, mas a queda consistente da inflação reverteu a tendência.

Vale registrar que em 2016, o varejo restrito nacional registrou retração de 6,2% sobre o ano anterior, de acordo com o IBGE, sendo que outubro de 2016, ou seja há 1 ano, registrou-se o pior índice da série história iniciada em 2017, com uma retração de (-) 6,8%.

Varejo restrito exclui, automóveis e material de construção,e a projeção foi  elaborada pelo Instituto de Economia/ACSP com base em dados do IBGE e do Índice Nacional de Confiança/ACSP. Contempla as seguintes atividades: 1) combustíveis e lubrificantes; 2) hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo; 3) tecidos, vestuário e calçados; 4) móveis e eletrodomésticos; 5) artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos e de perfumaria; 6) livros, jornais, revistas e papelaria; 7) equipamentos e materiais de escritório, informática e comunicação; 8) outros artigos de uso pessoal e doméstico.

 

Texto: Roberto Mangraviti
Imagem : Diário do Comércio.

Write a Reply or Comment

X